Estudo do L-triptofano na depressão ocorrida pela doença de Alzheimer em modelos experimentais

Andressa Leticia Miri, Andressa Panegalli Hosni, Jossinelma Camargo Gomes, Ivo Ilvan Kerppers, Mário César da Silva Pereira

Resumo


O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa caracterizado pelo comprometimento cognitivo comumente associado a transtornos do humor, os quais desencadeiam reações depressivas, comprometem o desempenho mental e a funcionalidade. O objetivo do presente estudo foi verificar os efeitos do L-triptofano e analisar o comportamento motor em modelos experimentais com depressão decorrente do processo de Alzheimer. A amostra foi composta por 40 ratos da linhagem wistar divididos igualmente em dois grupos, 20 animais tratados com L-triptofano e 20 animais pertencentes ao grupo controle. Ambos os grupos receberam treinamento da memória espacial no later water maze e foram submetidos à cirurgia estereotáxica para indução demencial. Verificou-se através do labirinto aquático de Morris que o grupo tratado obteve atividade para memória espacial melhor do que o grupo controle. O tratamento com L-Triptofano demonstrou melhor benefício na memória reativa.

Palavras-chave


Alzheimer. Demência. L-triptofano. Depressão. Serotonina.

Texto completo:

PDF PDF (English) (baixado

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 0103-3948 (impresso) e ISSN 2448-2455 (on-line) e-mail: revdef@uem.br

Resultado de imagem para CC BY