Trabalhadoras no lar: reflexões sobre o trabalho domiciliar em São Paulo nos primeiros anos da República

Esmeralda Blanco B de Moura

Resumo


presente artigo perscruta o resgate da história da família em São Paulo no início do século XX, dentro do intenso processo de diferenciação urbana no contexto dos horizontes do processo de industrialização e da pobreza estrutural que a então capital do café abrigava, onde o trabalho feminino remunerado desempenhado no âmbito do lar constituiu aspecto fundamental da história da mulher de condição social inferior.

Abstract. This article discusses the writings that recuperate the family history, in São Paulo at the beginning of the twentieth century, inserted in the intense process of urban differentiation in the context of industrialization and structural poverty the then coffee capital was undergoing, where the paid homework of women constituted a fundamental aspect of their social plight.

Palavras-chave


Industrialização de São Paulo; Trabalho feminino; Família; Memória de mulheres

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/dialogos.v4i1.37608

Revista Diálogos

Resultado de imagem para CC BY